Comunicado

"Pela troca de servidores, o Portal da Transparência da Câmara Municipal de Parnamirim estará fora do ar até as 16:00 horas de hoje, dia 2 de junho de 2016. Pedimos sinceras desculpas pelo transtorno."

Demandas dos agentes de saúde e endemias são discutidas na Câmara

As condições de trabalho dos agentes de saúde e endemias foi discutida em audiência pública na manhã desta sexta-feira (13), na Câmara Municipal de Parnamirim. A ação foi presidida pelo presidente da casa, vereador Irani Guedes(PRB) que passou a condução para a propositora da ação, vereadora Kátia Pires(DEM). 

Entre os pontos de maior importância para a execução da audiência constaram: a questão do transporte dos agentes durante a jornada de trabalho, a qualidade do protetor solar utilizado no expediente e a necessidade da renovação do fardamento dos agentes.

A propositora, vereadora Kátia Pires, abriu o debate fazendo uma reflexão sobre a importância da valorização dos agentes enquanto servidores municipais. “Quando o servidor tem seus direitos garantidos, sua forma de trabalhar é bem melhor”, disse.

O presidente do Sindicato dos Agentes de Saúde do município (SINDAS), Michael Borges, discorreu sobre a atual situação de trabalho dos agentes e cobrou celeridade no processo licitatório para a compra de fardamentos. “Estamos há quatro anos sem receber fardamentos novos e EPI’s, quesitos que são vitais para o exercício de nossas funções”, falou. 

No decorrer da audiência os demais agentes puderam fazer uso da palavra para esclarecer pontos que necessitam de melhorias e sugerir ideias. Para a agente de saúde, Iara Dênis, é importante que “haja uma melhor parceria entre a gestão e a classe para que o acolhimento da comunidade continue sendo feito com responsabilidade”. 

Ao final da audiência, ficou acertado o encaminhamento de um projeto de lei à Câmara Municipal, versando sobre melhoria com relação à compra do protetor solar utilizado pelos agentes de endemias e de saúde.

Estiveram presentes ainda os vereadores Professora Nilda, Binho de Ambrósio, Rhalessa Freire e Thiago Cartaxo.

VOLTAR