Comunicado

"Pela troca de servidores, o Portal da Transparência da Câmara Municipal de Parnamirim estará fora do ar até as 16:00 horas de hoje, dia 2 de junho de 2016. Pedimos sinceras desculpas pelo transtorno."

Audiência debate estrutura da educação municipal na Câmara

A infraestrutura das unidades escolares, falta e convocação de professores, carteiras, transporte escolar, foram alguns dos temas debatidos durante audiência pública que discutiu a estrutura da rede municipal de educação nesta quinta-feira(4) na Câmara de Parnamirim. A ação foi de propositura da Comissão Permanente de Saúde, Educação e Assistência Social da casa legislativa. 

A ação, que reuniu vereadores, representantes de Sindicatos e da Secretaria Municipal de Educação, gestores, professores, conselheiros, e população no Plenário Doutor Mário Medeiros, teve como eixo principal a discussão em torno da estrutura da rede municipal de educação. 

Durante as cinco horas de audiência, o conteúdo da discussão deu o tom do debate. A presidente da Comissão Permanente de Saúde, Educação e Assistência Social, vereadora Vandilma Oliveira(MDB), coordenou o debate. “Uma temática fundamental e necessária, a educação. Este é o momento para propormos soluções construtivas em prol da melhora da nossa rede municipal de ensino. O importante também é que, além do debate, possamos construir encaminhamentos concretos”, disse Vandilma. 

A vereadora Ana Michele(PT) – segunda secretária da Comissão – apresentou um relatório detalhado de visitas feitas às unidades de ensino e ressaltou a importância do trabalho feito pela Comissão Permanente. “Existe situações emergentes na educação municipal? Sim. Mas existem muitas coisas boas também. Então, esse relatório faz parte de um processo de transparência da nossa Comissão, que não mediu esforços para se informar do atual quadro situacional das escolas e centros infantis”, explicou. 

Já a secretária municipal de Educação, Ana Lúcia de Oliveira, também apresentou um relatório com as ações implementadas pela Secretaria e ressaltou os resultados obtidos, como o primeiro lugar no IDEB no Rio Grande do Norte. “Além de todo investimento que as escolas veem recebendo em infraestrutura, é importante falarmos dos projetos e iniciativas que colaboraram para termos a menor taxa de analfabetismo, prêmios com o nosso projeto de leitura, dentre outros”, falou. 

Ao final da audiência, convidados e população também puderam participar com opiniões, sugestões e críticas. O evento também contou com apresentações de leituras feitas por alunos da rede municipal de ensino. 

A vereadora professora Nilda – primeira secretária da Comissão – não pôde participar da audiência em virtude evento previamente agendado. 

Encaminhamentos

O debate possibilitou a construção de encaminhamentos por parte das vereadoras da Comissão e das representantes da Secretaria Municipal de Educação, entre os quais relatórios da comissão que devem ser entregues até o final de abril, cronograma de obras e reformas da pasta da educação, convocação do concurso público dos professores, além de processo seletivo para professores auxiliares e estagiários. 

VOLTAR